O Barreiro Operário, anos 30-50. Um retrato social

Dublin Core

Título

O Barreiro Operário, anos 30-50. Um retrato social

Assunto

A partir de 1907 a Companhia União Fabril chega ao Barreiro e tem início o processo que transformará a vila no maior centro industrial do país e um dos maiores da Península Ibérica. O que aqui analisamos são as repercussões dramáticas do desmedido afluxo de pessoas, as condições extremamente precárias em que sobrevivem, a falta de habitação, o desemprego, a pobreza, a fome, a doença, a exclusão social e até a poluição, fenómenos que assolavam o Barreiro ao mesmo tempo que este se transformava num centro altamente industrializado, com a União Fabril a constituir o motor de desenvolvimento do concelho e do país.

Descrição

Comunicação apresentada ao Colóquio Internacional 8, 9 e 10, Outubro de 2008
Centenário da CUF no Barreiro – 1908-2008
INDUSTRIALIZAÇÃO EM PORTUGAL NO SÉCULO XX ─ O CASO DO BARREIRO

Criador

Rosalina Carmona

Editor

Universidade Autónoma de Lisboa, Instituto de Investigação Pluridisciplinar, Câmara Municipal do Barreiro

Data

2008

Colaborador

Rosalina Carmona - Investigação e produção de texto

Formato

PDF

Idioma

Português

Ficheiros

O Barreiro Operário, anos 30-50. Um retrato social.pdf

Citação

Rosalina Carmona , “O Barreiro Operário, anos 30-50. Um retrato social,” Arquivo Barreiro, acedido 7 de Julho de 2022, https://arquivo.associacaobarreiropatrimonio.pt/items/show/21.

Formatos de Saída

Document Viewer